Saiba como colocar a documentação do veículo em seu nome

Passo a passo

1. Com todos os documentos em mãos, vá a uma unidade de trânsito e realize a pesquisa de baixa de gravames.

 

2. Dirija-se a uma agência bancária portando o original do CRLV para pagar a taxa de emissão de novo CRV e levantar os possíveis débitos referentes a seguro obrigatório, multas e IPVA. Havendo débitos, efetue o pagamento no banco.

 

3. Compareça à unidade de trânsito portando o original e a cópia do comprovante de quitação de todos os débitos e solicite gratuitamente a pesquisa PTRE (Pesquisa Renavam).

 

4. Dirija-se a um dos pátios do Detran com os documentos solicitados e realize a vistoria do veículo.

 

5. Reúna a documentação exigida, inclusive o laudo da vistoria do veículo, e apresente-a na unidade de trânsito para solicitar a emissão de novo documento.

 

Reuna todos os documentos necessários

 

 

A transferência é feita em um Centro de Registro de Veículos Automotores em até 30 dias após a compra, no município de residência. Leve cópia de documentos pessoais, Certificado de Registro de Veículo (CRV) do dono anterior preenchido em nome do comprador, Certificado de Registro e Licenciamento, comprovantes de IPVA, licenciamento e multas e decalque do chassi do veículo.

 

 

Fique atento aos detalhes na hora da documentação

 

Há dois valores diferentes para a transferência do automóvel. A taxa referente à emissão de novo Certificado de Registro de Veículo, caso o licenciamento do ano em curso não tenha sido realizado, é de R$ 193,70. Já a taxa relativa ao novo CRV (se o licenciamento do ano em curso tiver sido realizado) é mais barata: R$ 134,37.

 

Fonte: Carro Online


Article Tags: #Documentação #ipva #transferência #dpvat
0 comentários